Bom dia,

Segue meu testemunho: No dia 14/01/2010, às 15:00 hrs, na Rodovia Raposo Tavares ouve uma colisão entre o carro de meu irmão e um caminhão. Ninguém sabe ao certo o que aconteceu, pois restou apenas a versão do motorista do caminhão, tendo em vista que todos os cinco ocupantes que estavam no carro entraram em óbito: meu irmão Norberto Reginaldo Rocha (35 anos), minha Mãe Edna Leão Rocha (51 anos), minha sobrinha SAMARA (08 Anos) e meus dois filhos DANIEL LEÃO ROCHA SOARES (06 anos) e GEOVANE LEÃO ROCHA SOARES (1 ano e 6 meses).

Portanto, não teve outra testemunha, apenas o motorista do caminhão. Ao receber a noticia, imaginei que todos estivessem hospitalizados, mas ao chegar no hospital da cidade de Alumínio fui informada do falecimento de todos. Minha família estava indo visitar minha avó que mora naquele município, a qual tinha comunicado a minha mãe por telefone que não estava bem de saúde, parece ironia do destino. Ao retornar para casa, com a noticia da tragédia me deparei com uma multidão, me vi só literalmente em meio a ela. Então, tive que me apegar somente em DEUS, pois meu marido, meu Pai e o resto da família não tinham estrutura para nada. O velório aconteceu no dia seguinte,15/01/2010.

Após esse dia, tive que administrar minha vida e a de minha família e, por incrível que pareça, fiquei com toda a responsabilidade de cuidar do estado psicológico de meu marido e do resto da família, meu Pai e minha Irmã caçula que estava grávida de sete meses à época. Mas DEUS, com Sua infinita misericórdia, me deu sabedoria e força. Voltei a trabalhar quinze dias após o ocorrido, pois não conseguia ficar em casa com tanta falta de todos, o vazio era e ainda é enorme. Batia o desespero dentro de mim, dava falta de ar sem saber para onde ir perdida em meio a tantos questionamentos sem respostas.

DEUS me revestiu de tanta FÉ que jamais imaginei que teria, nas madrugadas ajoelhava pedindo força para prosseguir e a resposta chegava na manhã seguinte. Fora este dilema em minha vida, tinha os problemas do dia a dia que tinha que resolver sozinha, pois meu marido estava completamente sem estrutura.

Nesse período, perdi minha casa que tinha construido no terreno de meu avô paterno, por ele ter vendido o terreno. Então, fiquei sem meus filhos e sem minha casa que estava na fase final de acabamento. Sabendo do ocorrido, o chefe do RONALDO (meu marido) escreveu para a RECORD na época do programa do GUGU e o mesmo nos deu uma casa em SÃO ROQUE, que no momento foi uma espécie de renovação e recomeço, fomos exaltados aos olhos humanos, mas no meu coração a falta deles nada substituía. Contudo, agradecemos imensamente o gesto de carinho e dedicação que tivemos de todos, pois seria um bem material que no momento substituiria a perda de nossa casa, que foi construida com tanto esforço e também privamos nossos filhos de coisas que no momento não podíamos oferecê-los devido aos gastos na construção da mesma, mas isto era o de menos com o tamanho da dor e do sofrimento em perdê-los.

Hoje já estamos recuperados do trauma da época, temos nossa casa que está alugada, pois não consegui ficar pelas circunstâncias e aluguei uma casa perto do meu trabalho e da creche do meu filho PEDRO HENRIQUE, um presente de DEUS, que tem dois anos e seis meses de idade e é uma bênção que DEUS me enviou, que não substitui os que se foram, mas preencheu o vazio que ficou, embora a saudade esta é eterna.

Segui vivendo pela misericórdia de DEUS, que me dá força para continuar dia após dia, pois DEUS é o único que sabe o que se passa no meu intimo, mas nunca perco a fé e a esperança no dia de amanhã que vou ter a resposta para tudo o que aconteceu. Sempre digo que tudo tem solução por que DEUS é o dono do dia e da noite. Temos um trabalho de oração na casa de meu pai, de 15 em 15 dias, o que tem ajudado muito a mim e meu marido RONALDO J. SOARES (31 anos). Com isto, a cada dia DEUS me renova. Estou disponível para contar em detalhes o que aconteceu e como superei. DEUS abençoe a todos que estão passando pelo vale da dor, pois lá na frente ELE tem o melhor pra todos nós…..DEUS abençoe .

Edilene Leão Rocha

SANTANA DE PARNAÍBA, SP.

Este post tem 3 comentários

  1. Léo!
    um eterno amor
    uma dor
    uma lágrima
    uma saudade…
    uma esperança!!!!
    te amo querido!!!!

  2. Edilene Minha Amiga, não sei e nunca saberei o que dizer a você referente a este fato acontecido , mas de uma coisa eu sei que você é uma GUERREIRA que esta sempre lutando , é como sempre digo aos que te conhecem , não desejo nem para o meu pior inimigo o que você passou junto com o Ronaldo , seu Pai e a Monaliza somente DEUS é que tem dado todo o conforto para vocês .
    Nas minhas Orações sempre coloco vocês , e tenha certeza amiga que um dia todos nos encontraremos na Glória com nossos entes querido e mataremos a SAUDADE que de vez em quando parece que vai explodir dentro do nosso peito .
    Um grande beijo e continuo fazendo este trabalho maravilhoso de Oração pregando o nome de JESUS e com o seu Testemunho ganhando almas para JESUS .

  3. Edilene querida, acredito que seu testemunho vai encorajar muitas mães a seguir o seu modelo de fé e oração. Pensando bem, você perdeu dois filhos, a mãe e outros familiares de uma só vez. Parabéns pela sua fortaleza e fé. Deus lhe abençoe muito.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu